Dinheiro rápido na conta, 

juros baixos e total segurança!

Maior prazo e parcelas menores

Contratação 100% segura

Parcelas fixas, sem surpresas

ALÍQUOTA ZERADA PARA IOF ATÉ 31 DE DEZEMBRO DE 2020

Desde o início de outubro o Governo Federal, juntamente com a Receita Federal, estudava manter, nas operações de crédito, a alíquota zerada para IOF até dezembro de 2020.

E agora esta prorrogação é oficial!


Tal medida surgiu em abril como forma de minimizar os danos causados pela pandemia de Covid-19 em nossa economia. Chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Malaquias, durante Coletiva de Imprensa, explica que “O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) é um tributo regulatório que pode ser flexibilizado pelo executivo, conforme a necessidade do momento econômico”.


Avaliando que tais créditos têm chegado, em sua maioria, para médias e grandes empresas (aquelas com maior capacidade de pagamento), a Coordenadora do FGV, Cláudia Yoshinaga analisa que “justamente as pequenas e microempresas, que sofreram mais com queda de receita e enfrentavam mais dificuldades, tiveram um problema maior de tomar crédito”. Com isso o setor ganhará sobrevida e haverá menor incidência de comércios precisando fechar as portas.



COMO É FEITO O CÁLCULO PARA EMPRÉSTIMOS?


Para termos uma ideia, tanto em empréstimos quanto em cheques especiais e cartões de crédito, o IOF poderia chegar a 3,38% ao ano (somando as operações de crédito + alíquota diária).


E existem pontos importantes que valem a pena serem relembrados:


· A alíquota incide no valor da operação e não é colocada em parcelas que já foram pagas;

· E o cálculo feito para saber a porcentagem do imposto para operações de crédito se dá apenas no momento da liberação do empréstimo.


DÍVIDA PÚBLICA


Se por um lado a alíquota zerada para IOF até dezembro de 2020 gera um alívio momentâneo, mais para frente poderemos ter alguns problemas relacionados às contas relacionadas à União.


Lembrando que, numa audiência pública, Waldery Rodrigues, secretário especial de Fazenda, expôs que as perdas por conta desta medida já ultrapassaram os R$ 14 bilhões e que, em 2019, a arrecadação chegou a R$ 41,7 bilhões.


Para saber mais sobre as alterações feitas, leia o Decreto n° 6.306 de 14 de dezembro de 2007, em seu Art. 7°, §20 e 21 e Art. 8° § 6.


· Confira outro tema importante abordado pelo VMD Crédito acessando https://www.vmdcredito.com.br/post/cr%C3%A9dito-consignado-x-cr%C3%A9dito-pessoal.




E, CASO VOCÊ PRECISE, VERIFIQUE SE O TIME DA VMD CRÉDITO PODE TE AJUDAR A AVALIAR SUAS OPERAÇÕES DE CRÉDITO, PARA TE AJUDAR A ALCANÇAR UM EQUILÍBRIO NO ORÇAMENTO.

Você pode verificar de três formas diferentes:

  • Entrar em contato com o time especialista da VMD CRÉDITO pelo link do nosso WhatsApp;

  • Preenchendo nosso formulário de simulação, que entraremos em contato com você;

  • Ligando direto para o nosso TIME!

Aqui o papo é rápido e direto!

Temos duas unidades para melhor atendê-lo

MATRIZ - Tijucas

Rua Coronel Buchele, 215, Centro, Tijucas - SC

Ao Lado da Câmara dos Vereadores

(48) 3205-3802

FILIAL - São José

Av. Marechal Castelo Branco, 65, Sala 509 B

Campinas, São José - SC

(48) 3049-9700

Unidade Tijucas

(48) 3263-5031

(48) 3205-3802

(48) 99848-9468

Unidade São José

(48) 3049-9700

(48) 99946-9018

© 2020 VMD Crédito | Todos os direitos reservados

CNPJ: 28.655.738/0001-06